16 de out de 2009

PROPÓSITO DE DEUS


CONHECENDO O PROPÓSITO DE DEUS PARA NÓS

"Melhor é o fim das coisas
do que o princípio delas.
Eclesiastes 7:8

Uma das coisas mais maravilhosas em nossas vidas é descobrirmos que há um propósito para vivermos. Mais maravilhoso ainda é descobrir que Deus idealizou isso para a nossa existência. Do lado oposto, há algo tão terrível quanto a morte. Você poderia me perguntar: O que é tão terrível assim? Uma vida sem propósito e sem destino. Uma vida assim não tem sentido para existir. Aquele sentido de finalidade e de desígnios divinos para si mesmo. Se você não descobrir o propósito de Deus e não entrar nele, com certeza, não conhece ainda o melhor de Deus para sua vida. Viver fora do propósito profético de Deus é puro desperdício, é depressivo.
Deus não criou nada ao acaso e não permitiu que você viesse à existência por acidente. Nos Salmos, Deus afirma que formou o nosso interior. Se enxergarmos o contexto, veremos que o que Deus diz é que estava presente no útero materno quando a sua mãe estava no processo de gestação da vida. Quando ela o gestava, Deus formava não apenas seu físico, seu exterior, Ele formava a sua personalidade, a sua identidade, o perfil que o caracteriza como pessoa única.
Quando um homem morre e sua vida termina, o que é carne volta à terra, mas o espírito volta a Deus que o deu. Ele lhe deu seu espírito humano. Assim, eu e você não somos frutos do acaso. Somos mais do que o resultado da união física entre nossos pais.
A vontade de Deus é o Seu propósito profético. A Sua vontade é Seu desígnio eterno. Em relação a você, Deus possui um projeto único, um propósito profético. Você não veio a essa terra a passeio, não surgiu aqui por acaso, não é fruto do destino como algo impessoal, sem coração, sem rota. A palavra de Deus mostra que fomos formados particularmente, pessoalmente: "Tu formaste o meu interior" Sl. 139:13.
Irmão querido, quando começamos a conhecer os altos desígnios que Deus tem para nós, começamos a nos empolgar com a vida. Uma fé viva cheia de disposição toma conta da gente. Isso acontece porque não há nada que nos motive mais do que descobrir o porquê do nosso nascimento, o motivo de estarmos aqui. Isto é fantástico! Meu Deus, eu nasci para isto!
É como ser um peixe dentro d'água. Estar em harmonia com os desígnios do Altíssimo é estar em harmonia consigo próprio e com toda sua existência. Achar o lugar do propósito profético é encontrar harmonia.

O PROPÓSITO PROFÉTICO REQUEREU SEU NASCIMENTO

O propósito de Deus é maior do que você. Transcende as suas questiúnculas e antecede o seu próprio nascimento. Isto é assustador.
Já parou para pensar nisto?
Isto mesmo, o propósito profético de Deus antecedeu o seu próprio nascimento. No momento em que Deus chamava o profeta Jeremias disse: "Antes que eu te formasse no ventre materno eu te conheci, e antes que saísses da madre, te consagrei e te constituí profeta para as nações" Jr. 1:5.
O que Deus está dizendo aqui? Que me conheceu antes que eu fosse formado? Deus já me conhecia antes mesmo que eu existisse? As coisas de Deus são mais altas que as nossas, mais elevadas que o nosso raciocínio simplista. Mas, o mais forte é a parte final do versículo que afirma que antes mesmo do nascimento do profeta ele já fora constituído como tal. Incrível!
O propósito profético de Deus, Seus altos desígnios nasceram antes de mim. Compreende isso? Algo lindo pode ser entendido aqui: o propósito profético de Deus requereu seu nascimento. Que coisa fantástica! Deus pensou Consigo próprio: "por causa dos meus desígnios eu requererei a existência do Cláudio, da Maria, do Pedro... Por causa do meu propósito eles nascerão para cumprir isto. Antes que eu te formasse", diz Deus, "eu te constituí como um apóstolo, como um médico, como um empreendedor, como uma intercessora eficaz, como um líder de êxito. Tu serás um instrumento para proclamação da minha glória, para irradiar minha presença. Será alguém usado para despertar liderança, treinar líderes". Isso aconteceu e foi estabelecido antes do seu. nascimento.
Foi o propósito de Deus que requereu o seu nascimento, querido irmão e irmã.
Se formos definir propósito, diremos que é o objetivo, a função para a qual a sua vida foi concebida. O desígnio para o qual você foi desenhado. Um microfone, por exemplo, nasceu com tudo que precisa para captar sons e transmiti-los sob forma de impulsos elétricos para um amplificador. Ele tem dentro de si cada detalhe, cada componente eletrônico, tudo o que precisa para realizar a tarefa para a qual nasceu: captar sons e transmiti-los.
Se eu tomasse, ao invés de um microfone, um abridor de latas e tentasse usá-lo para captar e transmitir sons, o tal abridor de latas seria o objeto mais infeliz, frustrado e incompetente que se teria notícia. O fracasso, a derrota e a infelicidade tomariam conta das suas emoções. Ele não nasceu para ser microfone; ele nasceu para abrir latas. O conteúdo interior do abridor de latas o capacita a realizar bem o propósito para o qual nasceu, que não inclui captar sons. Mas se eu colocar o abridor de latas para abrir latas, ele será um objeto realizado porque encontrou o lugar do propósito para o qual ele existe. Você nasceu com todos os componentes, todos os traços, todas as inclinações para cumprir o propósito profético para o qual nasceu. Tudo que precisa já está dentro de você. Deus primeiro concebe o Seu propósito, depois Ele gera. Primeiro nasceu o propósito profético no coração de Deus,depois, para cumpri-lo, Ele chamou você à existência.
Quando Jeremias nasceu, ele já nasceu com todas as condições, com todo o coração, com toda a inclinação, com toda pré-disposição para ser um profeta. Ele já nasceu com todos aqueles componentes dentro de si. Se Jeremias fosse um músico ele seria frustrado, se fosse um pastor seria frustrado, se fosse empresário ou missionário, da mesma forma seria frustrado. Ele nasceu para ser um profeta de Deus.
Meu querido irmão, você já tem dentro de si tudo o que precisa para realizar os altos desígnios de Deus que vão encher sua vida de harmonia e senso de realização. Ele não é incoerente, Ele fabricou você, teceu você, o seu nascimento foi requerido e, finalmente, quando nasceu, você já veio à existência trazendo dentro de si tudo o que precisa para cumprir o propósito de Deus. Seu código genético espiritual já foi desenhado pelo Autor da Vida.

( Pr Marcelo de Oliveira Almeida - Livro: "A Unção e o Propósito Profético")

Um comentário:

Rosane Luz disse...

Oi! Seu blog é muito abençoado!
Deus quer que sejamos mesmo tudo aquilo que Ele criou-nos para ser.
Me tornarei seguidora de suas pubicações.
Meu link:
http://eusoudomeuamadoeelemeu.blogspot.com